sexta-feira, 30 de maio de 2008

Um dia sem sacolas!...



um dia sem sacolas de plástico!
ao menos um dia por semana...

comecemos!

aplique a desobediência à ordem midiática do dia global
replique abraços ternos!

é picar e pinicar
tome uma picada de vontade
e diga não às sacolas!

brinque!
com pique!
com muito pique!
faça um pique-nique!
caia em um picadeiro!

nada de pífio!
deixe de pirraça e picardia!
chega de picuinha!

a idéia é: mais pistilo menos pistola!

vamos para a pinacoteca?
ter um dia picante?!

pitar o agradável e o próximo segundo!
pilhar o lucro dos bancos!

inopinadamente... sem a verdade.

chegar um dia, em casa, sem sacolas
um dia, ao menos um dia por semana,
sem sacolas!
comecemos por aí...

comecemos a medir as conseqüências desse modelo de produção e consumo
as sem e as com
seqüências dos nossos atos.

se for comprar, vá com aquele carrinho
ou com aquela velha sacola de pano, de napa... aquela!

estimulemos nossos sensores próprio-perceptivos
comecemos a perceber
o elo entre as coisas
o elo entre nós e todas as coisas e forças e vidas deste planeta
único!
belo!
diverso!
polissêmico!
sistemicamente ordenado...
caoticamente criativo...
autopoietico...

é simples: um gesto, um toque
abrace mais amigos amigas!
plante uma árvore na rua
na praça
naquele terreno
naquela esquina
no quintal ali na frente
em uma escola

coma mais frutas!
deixe de tomar suco de caixinha
plante hortaliças!
ou incentive seu plantio sem venenos

diminua seu consumo
diminua seu consumo de bichos!

vá ao cinema com o seu amor!
dê de presente entradas para espetáculos!

diga não às sacolas de supermercados e hortifrutis
diga não às embalagens de isopor

saia pela rua a passear... a flanar
toque ao redor, perceba os detalhes do dia
ande de bicicleta!

diga sim ao ciclos
recoloque no ciclo
reavalie seu consumo
faça circular seu livros, cd’s, dvd's...
o que não se usa, circula
vamos replicar o ciclo
vamos replicar este toque:
um dia sem sacolas!

espiralize o tempo!

abra espaço para a ruptura!
vamos inventar um novo pizicato
e
um dia sem sacolas de plástico!


Autor: Fernando de Castro F. Cisco Zappa
Fonte: Overmundo
Foto: vagnerzil / stock.xchng

1 comentário(s):

v.carlos disse...

Gostei do poema, mt bonito mesmo.


Grandes abraços Felipe
Fique na Graça