quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Ecologia (re)inventando moda

Da colaboradora Paula Arantes


“Há muitos estudantes de design criando, mas há poucos espaços onde mostrar e vender esses produtos”, disse Josefina Heiremans, sócia de uma agência de gestão de desenho, sobre jovens designers que estão apostando na reciclagem e em materiais naturais para desenvolver seus roupas e acessórios.

Esse namoro da moda com a ecologia já existe há algum tempo e essa parceria promete ser duradoura. O Brasil já se destaca como produtor de matéria-prima para algumas das grifes verdes mais consumidas no exterior – como os tênis Veja, ícones fashion entre os europeus antenados com a preservação do planeta. Associações de seringueiros da Amazônia extraem a borracha para o solado, cooperativas do Nordeste produzem algodão orgânico (sem transgênicos e fertilizantes químicos, nem pesticidas), e a montagem dos calçados gera empregos na periferia de Porto Alegre.

É nesse sentido que alguns alunos do 4º período do curso de Design de Moda da Unitri produziram looks que deram o que falar. Entre as criações, que mostram todo o talento desses futuros profissionais, estão modelos com sacolinhas plásticas, jornais e retalhos de tecidos que foram expostos no 5º Fórum de Moda com Ideias que aconteceu em Uberlândia, no Center Convention, entre os dias 21 e 22 de outubro.

[O Blog do Jogo Limpo esteve lá cobrindo o evento! Aguarde nosso videocast!]

Segundo Sônia Medeiros, aluna e uma das organizadoras do evento, a ideia era reaproveitar os materiais que eles já tinham na faculdade. Sobre um vestido feito por ela com as sacolas plásticas, a estudante contou que foi uma forma de protesto para tocar na consciência das pessoas, incentivando a não utilização dessas sacolas. Cada vez mais lugares ao redor do mundo proíbem sua distribuição. China, Inglaterra, Austrália e algumas cidades dos Estados Unidos possuem planos para erradicá-las ou para cobrar por sua distribuição.

[Leia também: cobertura especial - por que as sacolinhas plásticas são um problema?]

Sônia disse ainda que “a roupa que você veste é a mensagem que você passa”, ou seja, através do que cada pessoa veste é possível identificar quais são suas preferências e ideias ou que mensagem essae indivíduo deseja passar.

Outro aluno, João Martins, que criou sua peça com jornal, falou sobre a importância dessa experiência, por ser uma forma de conscientização e de contribuir com o planeta, diante de assuntos tão em pauta como meio ambiente, ecologia e sustentabilidade. “É uma experiência que vai ficar para sempre”, revelou João.

De acordo com a professora de Pesquisa e Criação, Clerce Barbosa, as criações surgem com base em temas escolhidos pelos próprios alunos. Este ano, dentro das ideias de tendências para o Inverno 2010, nasceu a proposta da reciclagem. Segundo Clerce, várias disciplinas já trabalham com reaproveitamento de materiais. Para ela, a geração atual já está bem mais informada sobre esses temas tão polêmicos.

Pelo mundo, vemos também outros designers preocupados com esses assuntos. A designer argentina Laura Novik, analista de tendência de moda, disse que sustentável não é apenas sinônimo de reutilização e reciclagem. “Também é sustentável permitir que em seu produto trabalhe comunidades emergentes e conseguir que seu produto permita que determinadas tradições artesanais persistam neste mundo contemporâneo. Tudo isso é sustentabilidade: cultural, social, ambiental”, disse Novik, que vive no Chile há seis anos. E completa dizendo que “o design é uma ferramenta muito poderosa, que pode transformar consciências. A ideia é abrir muitas portas a partir de diferentes pontos”.

Com informações da Envolverde/Terramérica

Foto: same_same/Flickr

3 comentário(s):

Kárita disse...

É muito bacana criar modismos que incentivem a sustentabilidade. No Brasil é muito rápida a influência de correntes da moda e há algum tempo o legal é recusar sacolas plásticas e utilizar a de tecido. Gostei muito da imagem pois é muito sugestiva com a frase "o verde é o novo rosa". Na Pedagogia aprendi que é importante incentivar a galera em sala de aula a ter gestos simples de consciência sustentável como recusar a sacola, que melhor maneira de fazer isso senão mostrando o trabalho que os alunos da Unitri fizeram? Ah espero o vídeo pra compartilhar no meu blog em!Bejoooosssss esse blog é bacana e estou acompanhando sempre.

Mimirabolante disse...

Gostei muito da postagem.....Gosto de ver os jovens tão engajados na resolução deste problemas ambientais.....Só uso as bolsas retornáveis e qd não estou com elas,uso caixas de papelão,sacos de papel.......evito as sacolinhas na maioria das vzs....bjcas...

Paula Arantes disse...

Que bom que vocês gostaram da postagem!
Afinal de contas ecologia está em todo lugar e temos que fazer nosa parte para que assim todas as outras pessoas possam fazer o mesmo. Seja na moda, na economia, na política ou no social!

Um abraço e voltem sempre!
Paula Arantes